call.png

 11 5505-7326

 

mail.png

contato@dominio.com.br

 

LOGO_DENTE_DENTALTRAB.png

 Bruxismo do sono

Você sabe o que é Bruxismo do Sono? Não? Pois talvez você tenha este e outros problemas bucais e não sabe disso! Mas não há problema, já que agora você está na DentalTrab, clínica dentista especializada em bruxismo do sono. O bruxismo do sono é uma atividade oral caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono e que, geralmente, está associada com despertares curtos com duração de 3 a 15 segundos, conhecidos como micro despertares.

Origem do bruxismo do sono

Embora o termo bruxismo do sono origine-se do grego brychein, cujo significado é “ranger de dentes”, outros nomes têm sido usados para descrever este quadro, tais como: neurose dos hábitos oclusal, neuralgia traumática, bruxomania, friccionar-ranger de dentes, briquismo, apertamento dental e parafunção oral.

O bruxismo do sono se diferencia do bruxismo diurno por envolver: distintos estados de consciência, isto é, sono e vigília; e diferentes estados fisiológicos com distintas influências na excitabilidade oral motora.

Assim, o bruxismo diurno é caracterizado por uma atividade semivoluntária da mandíbula, de apertar os dentes enquanto o indivíduo se encontra acordado, onde geralmente não ocorre o ranger de dentes e esta relacionado ao um tique ou hábito.

Já o bruxismo do sono é uma atividade inconsciente de ranger ou apertar dos dentes, com produção de sons, enquanto o indivíduo encontra-se dormindo.

O bruxismo do sono também é chamado de bruxismo noturno, mas o termo mais apropriado é bruxismo do sono, pois o ranger de dentes pode também se desenvolver durante o sono diurno.

Diferenças entre bruxismo e apertamento

Enquanto o bruxismo é ocasionado por uma disfunção durante o sono, na qual você range os dentre durante o estado dormente, o apertamento ocorre involuntariamente, estando você dormindo ou não, sendo suas maiores causas estresse, ansiedade e similares.

 

Dentista_Jose_Milton.jpg

____

 

Dr. José Milton Lara Macedo

CROSP 24798

Nossos pacientes

____

depoimento.png

Devo meu sorriso saudável à DentalTrab. Ótimos profissionais que sabem exercer sua função. 

avatar-1.png

MARCOS DIAS

Paciente

depoimento.png

Fiz o tratamento de bruxismo, e o resultado foi excelente. Obrigada Dental trab.

avatar-2.png

SOLANGE ROCHA

Paciente

Diferenças entre bruxismo e apertamento

Enquanto o bruxismo é ocasionado por uma disfunção durante o sono, na qual você range os dentre durante o estado dormente, o apertamento ocorre involuntariamente, estando você dormindo ou não, sendo suas maiores causas estresse, ansiedade e similares.

O bruxismo é classificado como primário ou secundário

O bruxismo primário, por ser idiopático, não está relacionado a nenhuma causa média evidente, clínica ou psiquiátrica.

Esta forma primária parece ser um distúrbio crônico persistente com evolução a partir do seu aparecimento na infância ou adolescência para a idade adulta.

Já o bruxismo secundário está associado com outros transtornos clínicos: neurológico, como na doença de parkinson; psiquiátrico, nos casos de depressão; outros transtornos do sono, como a apneia e uso de drogas, como as anfetaminas.

A prevalência exata do bruxismo do sono na população é imprecisa e subestimada.

Isso ocorre porque os estudos epidemiológicos são baseados em população e metodologias diferentes.

Também acontece porque as pessoas que dormem sozinhas e não têm consciência dos sons produzidos durante o seu sono, podem ser diferentes dos querionários preenchidos por portadores ou familiares com diferentes definições clínicas e diversa sintomatologia.

Embora existam essas limitações, estudos têm mostrado que a taxa de prevalência em crianças maiores de 11 anos de idade é a mais alta, variando entre 14% e 20%.

Nos adultos jovens, entre 18 e 29 anos de idade, é de 13%, diminuindo ao longo da vida para 3%, em indivíduos acima de 60 anos de idade.

A prevalência na população idosa deve ser maior que a estimada, já que as próteses totais em acrílico previnem os sons de ranger de dentes.

Não tem sido encontrada diferença no gênero para ocorrência do bruxismo do sono

Vários são os fatores de risco associados ao bruxismo do sono: idade, tabaco, álcool, cafeína, ansiedade, estresse, transtornos psiquiátricos e do sono, drogas e disfunções temporomandibulares.

Outros fatores identificados:

  • A idade represente um fator de risco dominante, pois o bruxismo do sono diminui com o avanço da idade;
  • O tabaco é considerado um fator de risco moderado para desenvolver o bruxismo do sono;
  • Fumantes apresentam riscos aumentado em duas vezes de desenvolverem o bruxismo do sono;
  • Indivíduos que apresentam bruxismo do sono têm de três a quatro vezes mais chances de desenvolver dor orofacial, sons articulares e travamento temporomandibular.

Atualmente, sugere-se que o bruxismo do sono seja parte da resposta do microdespertar e, possivelmente, seja modulado por vários neurotransmissores no sistema nervoso central, principalmente pelo sistema dopaminérgico.

Identificou se você possui ou não o bruxismo do sono? Então agende agora a sua consulta na clínica dentária Dental Trab e seja atendido por um dentista especialista no tratamento de bruxismo do sono.

Ligue agora ou marque uma consulta online